segunda-feira, 7 de julho de 2014

Levando seu Pet

Olá pessoal, como prometido na outra postagem vim trazer algumas informações que consegui coletar para levarmos nosso gatinho (Xelbi) junto.
Seguem algumas dicas:

    • Tenha todas as vacinas em dia. O Canadá só aceita animais que tenham a vacina de raiva aplicada dentro de um ano. O animal não precisar ser micro chipado. Não há necessidade de quarentena.
    • Reserve o lugar do seu pet com a cia aérea, muitas permitem no máximo 3 animais por voo, isso depende de cada cia. No nosso caso estamos indo pela Air Canada e logo depois que compramos as passagens fizemos a reserva do Xelbi, mas por via das dúvidas antes da viagem vamos ligar novamente para confirmar se a reserva está ok. Lembrando também para levar seu pet dentro da cabine junto com você só são aceitos animais que junto com a mala de transporte pesem 10kg. Nos vôos dentro do Brasil, a TAM é a única que aceita animais dentro da cabine, por esse motivo e porque já soube de muitos casos em que ocorreram problemas na hora do embarque do animal, vamos de carro para SP e somente lá faremos o check-in com ele.
    • Será preciso um atestado internacional de saúde. Este atestado deve ser emitido por um veterinário credenciado. No atestado deve conter: dados do animal (nome, espécie, sexo, raça, data de nascimento, idade, número de identificação do microchip caso possua, tipo de pelagem) e dados do dono (data de nascimento, nome completo, endereço, telefone para contato e documento de identificação). Para o Canadá não há um modelo para esse atestado, mas é importante ter o maior número de informações, pois este documento será usado para fazer o Certificado Zoosanitário Internacional (CZI). O atestado de saúde tem 3 dias de validade, por isso é importante você se programar para ter tudo certinho antes da viagem.
    • Dentro dos três dias de validade do atestado de saúde feito pelo veterinário, você deve ir ao Serviço de Vigilância Agropecuária Internacional (Vigiagro), o melhor lugar para encontrar um posto do Vigiagro é nos aeroportos. É neste órgão que você vai retirar o CZI do seu animal. Importante levar a carteira de vacinação com uma cópia, e o atestado de saúde em duas vias. Para maiores informações sobe o CZI clique aqui.
Você pode encontrar mais informações também no site do governo do Canadá aqui.

Bom, por enquanto não tenho muitas outras novidades a não ser a arrumação eterna das malas..... mas esse assunto fica pra depois.
Faltam 21 dias para nosso embarque!!!


até a próxima!

sexta-feira, 13 de junho de 2014

Tudo Junto e Misturado

Olá pessoal, depois de algum tempo voltando a escrever...
É incrível como o tempo passa rápido, o mais engraçado é que estávamos num período em que não víamos a hora de receber nossos pedidos de exames médicos, pedidos de passaporte, vistos, etc... E quando tudo aconteceu pareceu meio surreal!! O que pensávamos que iria acontecer em agosto/setembro de 2014 aconteceu em janeiro/fevereiro de 2014. Começamos a fazer nossos planos e agora tudo se encaminha  até rápido de mais...
Mas esse era o caminho e agora vamos continuar... hehehehe  No momento é correr pra conseguir organizar, separa, vender, doar e nos preparar para essa nova fase.
Temos amigos maravilhosos em Ville de Quebéc que estão nos ajudando muito, já sabemos onde vamos ficar, já temos fogão, geladeira e sei que muitas coisas ainda vão aparecer até chegarmos lá...
Nosso gatinho vai junto e isso demanda muita preparação também, a mala de transporte dele já está comprada (uma dica para quem vai levar seu bichinho de estimação dentro da cabine e precisa da mala de transporte eu recomendo os Amigos de Pelo www.amigosdepelo.blogspot.com as malas são muito bem feitas e você ainda ajuda a manter o abrigo). Ainda tenho que correr atrás de um veterinário e arrumar a documentação... quando tiver mais informações sobre essa parte volto a postar aqui no blog.
As passagens também já foram compradas, dia 28/07 estaremos embarcando!! Estamos contando os dias para sair do emprego....
Com a proximidade da viagem alguns sentimentos começam a aparecer, família, amigos, tudo começa a ficar mais "apertado".
Mas por enquanto é curtir o momento sem ficar planejando muito o que esta por vir. Nossa caminhada não foi curta nem fácil e por isso temos certeza de que por enquanto é esse o nosso caminho...

até mais!

terça-feira, 29 de outubro de 2013

Back-up da vida

Esse momento de angústia, espera, ansiedade que nós, futuros imigrantes, estamos passando me fez imaginar se algum momento da minha vida eu sentirei saudades dele. Foi aí que eu voltei com uma ideia que eu tive há alguns anos atrás: fazer um diário.

Um grande problema que eu tenho é minha memória. Tudo bem que isso é o que todo mundo deve pensar de si mesmo, mas eu tenho um problema grave, como não conseguir lembrar de coisas que eu fiz semana passada e ter apenas vagas lembranças desorganizadas da infância e adolescência.

Voltando ao meu diário, encontrei no computador da casa dos meus pais um documento do Word que eu havia feito há 4 anos atrás, protegido com senha, descrevendo alguns dias daquele ano. Foi como se eu encontrasse fotos antigas.

Resolvi então recomeçá-lo, imaginando o quanto seria legal se eu o tivesse continuado, ou ainda melhor, começado quando aprendi a escrever. Eu teria lembranças mais concretas e organizadas da minha vida.

Não acho que deva ser um diário com pensamentos e desabafos, como minha esposa fazia ao 13 anos de idade, mas apenas um resumo do que você fez e faz. Serviria como meu HD externo, meu Google Drive ajudando minha memória interna, que às vezes está tão ocupada com stress do trabalho e inutilidades em geral.


Não sei quanto tempo vou manter a disciplina, mas 5 minutos por dia vão trazer sensações boas lá na frente. Não sei se vou manter diário, a cada.. alguns dias ou dias especiais. Só sei que o mais importante que levamos para o futuro é o nosso passado.


terça-feira, 8 de outubro de 2013

De Cara Nova

Sei que faz muito tempo que não escrevemos no blog.... Por isso resolvi dar uma repaginada para marcar uma nova fase!!!
Na verdade uma nova fase só no blog porque em relação ao processo tudo continua igual...... :(
As esperanças são muitas, mas as notícias são poucas.....
Bom, só para finalizar espero escrever mais aqui no blog, meu marido foi quem começou mas como o tempo foi passando e o processo ficou muito longo, nós acabamos desanimando..... hehehehe

Fica uma frase que serve para todos nós que estamos nesse longo caminho......

Até a próxima!

sexta-feira, 15 de março de 2013

Mais um no Federal


Chegou a hora de mais um passo. Passo de lesma, mas é um passo. Enviei essa semana os documentos para o federal e portanto sou mais um à esperar.

Por um lado é um alívio saber que o processo já não está mais em minhas mãos após aproximadamente 120 dias com o CSQ mas sem poder enviar para frente.

Por outro lado é angustiante saber que entremos na longa fila de espera onde cada dia é “um dia a mais no Brasil”. Prevendo um prazo de 21 meses caio no gelo em dezembro de 2014, época que eu não considero uma boa ideia. Deixaria então para fevereiro, março, abril de 2015? Teria que até mudar o nome do blog! 

Quem sabe o prazo não reduza devido ao novo sistema e ao gigante período sem entrevistas e CSQ? Só esperando para saber.

Esse é o local onde nossas pilhas de formulários, documentos e traduções vão parar. Destaque para a DHL, que em 4 dias úteis a enviou de Curitiba para Sydney Austrália Canadá.


sexta-feira, 8 de março de 2013

Antecedentes Criminais - Irlanda


Estamos prestes à enviar os documentos para o federal, apenas 3 meses após a entrevista. O motivo: Como conseguir o atestado de antecedentes criminais da Irlanda.

Eu e minha esposa moramos na Irlanda por 1 ano, e como quem morou mais de 6 meses após os 18 anos precisa apresentar os "Police Certificates", ou atestado de antecedentes criminais, e tivemos que ir atrás desse documento.

Vou descrever aqui os procedimentos e o que ocorreu conosco, pois procurei muito na internet e não consegui achar nenhum exemplo de pessoas atrás desse documento daquele país. Acredito que possa ser útil, pois Dublin está recheada de brasileiros.

De acordo com o site: http://www.garda.ie/Controller.aspx?Page=2742&Lang=1, devemos seguir as seguintes instruções:

How do I apply for a Police Certificate? 

Applicants for Police Certificates for these purposes should make an application in writing to the Superintendent in charge of the district wherein they reside, or formerly resided, in the Republic of Ireland. Please go to our Station Directory to find out who your District Superintendent is.

Your application in writing should include the following:
·         Your full name as on your birth certificate including your maiden name if applicable
·         Your date and place of birth (or a copy of your birth certificate)
·         Your current address
·         All addresses at which you have lived at in Ireland and when you lived there
·         The place and purpose for which you require the Certificate

You should also include with your application:
·         A copy of your passport, driving license or similar for identification purposes
·         A stamped, self addressed envelope

Your application will take approximately three weeks to process.

Para mim os problemas desse processo são 2: como conseguir “a stamped envelope” estando fora do país, e confiar que a Garda vai resolver o seu problema. 



Iniciei criando uma carta explicativa com meus dados, da forma que eles pedem. Scaneei minhas certidões de casamento e nascimento, comprovante de endereço na Irlanda, passaporte e a página do visto. Enviei tudo isso via email para uma colega que ainda reside por lá, solicitando que ela fizesse os seguintes passos:

Imprimir tudo – Comprar um envelope, endereçá-lo à mim e colar selos suficientes à uma carta para o Brasil – Juntar tudo num outro envelope e enviar via correio ao posto policial mais próximo da onde eu morava (descoberto no link Station Directory).

A chegada do Police Certificate demorou aproximadamente 3 meses. Eu enviei os documentos 1/dez, a polícia Irlandesa emitiu em 3/fev e chegou na minha casa via correio em 25/fev. Antes de eu ver com meus próprios olhos a carta eu estava um pouco desanimado, achava que seria mais rápido e que alguma coisa de errado acontecera.

Recomendo à quem tem a necessidade desses tipos de documentos de outros países, inicie o processo antes. Não temos tempo à perder!

terça-feira, 13 de novembro de 2012

CSQ em mãos!

Vou escrever aqui o relato da nossa entrevista para compartilhar com os próximos a passarem por esse momento especial.

Primeiro alguns dados:
Sou o requerante principal, Engenheiro Eletricista casado com uma Tecnóloga de Artes Gráficas.
Não temos filhos e enviamos os documentos em agosto de 2011. Não temos TCF, apenas a carta da nossa escola de francês.

Nossa entrevista era as 11:00, dia 12/11. Como ficamos no mesmo hotel da entrevista fizemos o check-out e ficamos aguardando no hall de entrada. O porteiro nos avisou que em breve chamariam a gente. As 11h em ponto veio o M. Leblanc nos comprimentando e nos levou na sala da entrevista que é no 5 andar do hotel.

Ele é super tranquilo, iniciou perguntando nossos nomes, data de nascimento e a cidade que iríamos morar.

Aí começou a checar os documentos gerais e anotar no computador. Pediu os diplomas, históricos da faculdade e do 2° grau. Perguntou quantos anos de estudos nós temos no Brasil. Pediu os comprovantes de lingua francesa, e não perguntou nada sobre isso. Perguntou do inglês, aí eu falei já tínhamos morado na Irlanda e que isso não era problema, então ele me perguntou "Why Quebec"? Fiz uma leve explanação em inglês, muito curta e simples e mais nada. Coisa de segundos!
Aí ele perguntou "Porquoi le Quebec?" para minha esposa e ela respondeu, também bem simples, em francês, bem tranquilo.

Depois ele perguntou onde eu trabalhava, minha profissão e o que minha empresa fazia, falei resumidamente e ele não perguntou nada... Mesma coisa para minha esposa.

Após isso ele pediu as cartas das empresas e holerites, nós apresentamos, inclusive com uma simples tradução para o francês (ele nem quis ver as traduções). Pediu também a carteira de trabalho para conferir as datas. Ele ficou com as cartas dos atuais empregos e com os últimos 3  holerites.

Pediu os CV´s, deu uma olhada por cima, ofereci meu CV em inglês, pois imagino precisar me comunicar na minha profissão, mas ele também rejeitou. Depois perguntou sobre nosso plano em emprego. Principlamente para mim, com relação à inscrição na ordem dos engenheiros do Quebec. Eu expliquei que sabia que minha profissão era regida por uma ordem e que sabia quais eram as providências que eu tenho que tomar. Ele explicou que era muito importante eu focar em entrar na ordem dos engenheiros, mas que isso poderia demorar 1 ou 2 anos. Mas que enquanto isso eu poderia trabalhar na minha área mesmo sem ter o título de engenheiro.

Ele pediu as propostas de emprego plano A e B. O plano C eu nem cheguei a mostrar. As propostas da minha esposa ele elogiou muito, pois era exatamente o que ela faz hoje. As minhas propostas aparentemente não eram tão elogiáveis.. hahha mas mesmo assim ele disse que eram boas oportunidades.

Aí, ele fez uma demonstração em alguns papéis de como montar o CV, e demonstrou que o nosso estava muito ruim. Após isso ele já foi imprimindo o CSQ!, perguntando se tínhamos alguma dúvida e desejando sucesso.

Em resumo, foi muito simples e tranquilo. Durou em torno de 1 hora a entrevista. Infelizmente eu travei de nervosismo e não consegui falar 20% da minha capacidade, de certa forma decepcionamente! Minha esposa acabou falando a mesma quantidade que eu requerente principal.

O M. Leblanc é uma pessoa muito tranquila que está lá para ajudar, não há o porque ter medo.

Acho que é isso, espero ter contribuído.

Agora é correr atrás do Federal!

Boa sorte a todos.